Reeducação alimentar cardapio simples

Reeducação alimentar cardápio simples

Como fazer uma reeducação alimentar, utilizando-se para isto, um cardápio simples?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (10 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

( atualizado em 09/16 )

Para você que quer fazer uma reeducação alimentar para perder peso, de forma definitiva e saudável, siga algumas dicas, que tornarão isto mais simples e rápido. Desenvolva um cardápio simplificado, e nutritivo, baseado nos seus próprios gostos, para não desistir lá na frente. Dito isto, aproveite estas dicas para começar:

Cardapio

Para se reeducar, basta introduzir novos alimentos à dieta

Cardápio muito simples para o Café da manhã:

Suco natural – pode ser um suco verde, com couve e pepino, é delicioso e muito simples de fazer. Somente requer que você higienize muito bem as folhas, com algumas gotas de hipoclorito de sódio para um litro d’água.

Iogurte natural,  pode ser com sabor. Pode também ser aqueles vendidos em garrafas de um litro, mas não precisa tomar inteiro.

Um sanduíche com duas fatias de pão integral e uma fatia de ricota vai bem

Reeducação alimentar cardáio simples para o almoço

Um almoço não precisa ser sofisticado para ser saudável e gostoso

A simplicidade no almoço pode variar enormemente.

Por exemplo, para começar a se reeducar, em qualquer aspecto na sua vida, não somente nos seus hábitos alimentares, você pode optar por começar com uma porção de peito de frango grelhado, com uma porção de vegetais verdes e uma porção de arroz integral. Quando falo em porção, quero dizer a sua porção, e isto varia de pessoa para pessoa. Você pode fazer um punho com a sua mão e a porção será do tamanho do seu punho. Para a proteína ( carnes, peixes, etc ) pode ser do tamanho da palma da sua mão. Sendo carne, escolha as carnes magras como a alcatra e o patinho, evite picanha, costela, e contrafilé. Peixes de água fria como salmão e atum, melhor ainda. Mas são caros, você vai dizer, mas espere: e a sardinha? Semana passada fui no mercado e o quilo da sardinha estava a R$28,00!

Hamburguer simples

Opte sempre pelos pães integrais

No cardápio do jantar,

Opte sempre por alimentos simples, como por exemplo um sanduíche natural. Evite as massas, pizza, hambúrguer, e etc. Um cardápio de sopas simples e fáceis de fazer também é muito gostoso e nutritivo. Abaixo vai uma receita de muitas

Canja:

Uma xícara de arroz

Um pedaço pequeno de abóbora

Meia cenoura

250g de peito de frango – ( tempere o frango com sal e deixe descansar uns 15 min )

Cebola, alho e caldo de galinha

Sal a gosto ( sem exagero )

Cozinhe por 30 minutos


E as sobremesas? São permitidas, claro, mas somente aos fins de semana.
Sobremesa para dieta simples

Sobremesas são permitidas, mas diminua suas porções a um terço

Aprendendo aos poucos a se alimentar melhor, você compreenderá o que cada alimento faz à sua digestão, e por consequência à sua saúde. Toda a reeducação alimentar é um processo que tem que ser levado com disciplina e determinação. Qualquer incentivo que você puder ter de fora, para se motivar é válido, como por exemplo seus amigos. Reeducação alimentar cardápio simples.

Se você quiser saber mais como se motivar clique em Motivação para emagrecer.


Cardapio simples para reeducação alimentar em planilha do excel

Este documentário que deixei logo abaixo, relata bem, as quantidades enormes de toxinas que comemos todos os dias, além do exagero calórico. Visite nosso infográfico calorias dos alimentos para mais esclarecimentos.

Baixe GRÁTIS nosso ebook com mais dicas de como emagrecer!

Ebook GRÁTIS, contendo dicas de como emagrecer de forma saudável!

Odiamos SPAM. 100% Seguro!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (10 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
Reeducação alimentar

Reeducação Alimentar Para Perder Peso

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 4,33 out of 5)
Loading...

Reeducação Alimentar Para Perder Peso – Passo a Passo

Como fazer uma reeducação alimentar para perder peso, e ainda ter mais saúde, passo a passo.

Passo 1 – Consulte seu médico

Reeducação na forma de você se alimentar, para perder peso, com um cardápio simples é fácil de conseguir realizar, mas sem consultar um médico? Você acha isto uma boa ideia? Pois não é. Parece um pouco simplista e óbvio, mas muitas pessoas esquecem disto. Nenhuma dieta funciona se seu organismo não estiver saudável. Existem muitos perigos para quem tenta se ´reeducar´, pois muitas vezes uma reeducação alimentar mal feita pode ser prejudicial, pode até ter um efeito contrário. Siga o passo a passo de como comer melhor, e toda a sua vida mudará para melhor. Este blog não tem por intenção ser sensacionalista, apenas informar, e ser um local para dividir e compartilhar. Mas você pode navegar a internet por dias, e ver fotos de antes e depois da reeducação alimentar que muitas pessoas fizeram com sucesso.

Passo 2 – Consulte um nutricionista

Nenhuma reeducação alimentar que possa ser levada a sério, passa sem o auxílio deste profissional. Esta vai ser a pessoa que vai nortear sua nova empreitada, rumo à saúde. Com dietas simples e eficientes para você emagrecer e perder peso, fazer sua reeducação alimentar com um nutricionista é fundamental. Ele é seu aliado. Faça uma consulta antes de começar qualquer dieta maluca, ou radical, e mesmo que você não consiga levar na risca tudo o que conversaram na consulta, procure sempre adicionar hábitos novos ao seu dia a dia. Quando um comportamento se torna um hábito, você não precisa mais se preocupar com ele. Ele se torna natural. Aí é hora de você adicionar mais alguns componentes na sua nova educação.

Reeducação alimentar passo a passo

Faça check-ups periódicos

Passo 3 – Para perder peso, comece devagar

A reeducação alimentar diz respeito à aquisição de novos hábitos e valores, por isto é importante não forçar a barra. Nenhum novo hábito pode ser imposto na vida de nenhuma pessoa. É um caminho longo, mas que vale a pena. Procure adicionar coisas boas e novas toda a semana, e da mesma forma, retirar certas coisas que você sabe são ruins, como por exemplo o açúcar do café ( eu sei, essa é muito difícil, mas eu consegui. Num outro artigo eu conto como eu fiz esta façanha! ). Tente adicionar na primeira semana, a ingestão de sucos naturais e água, em vez de refrigerante. Quando você sentir que está completamente adaptada, e que não sente mais aquela vontade irresistível de um guaraná ou coca, aí saberá que é hora de procurar outro comportamento para mudar. Como adicionar peixes, ou diminuir a carne vermelha, por exemplo.

O interessante seria começar sua reeducação alimentar com o seguinte cardápio simples:

Semana 1 – Café da manhã

Mude somente seu café da manhã: Em vez de tomar uma xícara de café preto, procure acordar mais cedo e preparar o café com calma. Introduzindo algumas frutas. Uma salada de frutas é uma ótima opção

Semana 2 – Café da manhã e jantar

Como é sempre mais difícil de administrar o almoço, por que geralmente se está na rua, eu comecei com a janta primeiro. Parei com as massas e frituras no jantar, e já fez um efeito incrível.

Também é importante determinar uma hora para sua última refeição do dia. Depois desta hora proíba-se de ingerir mais alimentos.

Semana 3 – Café da manhã almoço e jantar

Agora você já tem conhecimento suficiente para continuar seu passo a passo sozinha. Pode escolher as comidas que consome fora de casa. Todos os restaurantes a quilo servem muitos tipos de saladas e legumes. Com um pouco de paciência, você chega lá.

Semana 4 – Café, almoço, jantar e lanches

Bom depois daquilo tudo, espero que você já seja uma expert em reeducação alimentar. Pode ir para o passo seguinte e incluir lanches, como barra de cereais e frutas no trabalho, aula, etc.


Reeducação alimentar – Cardápio simples

Passo 4 – Aprenda coisas novas

Opte por um cardápio simples para se reeducar. Você pode conseguir coisas incríveis na internet. Muitos cardápios simples para você emagrecer, fazendo sua própria reeducação alimentar. Eu mesmo fiz isso passo a passo, e o principal disto é estar sempre disposto a aprender mais e mais. Reeducação alimentar perder peso, hoje. Você pode conseguir uma infinidade de artigos, ebooks, e dietas para te orientar a fazer o melhor no seu dia a dia. Aqui tem um ebook para começar. Baixe agora mesmo o pdf com dicas e Comece o número 4, Agora!: aprendizado

Passo 5 – Compartilhe com suas amigas

Sucesso na nova alimentação

Compartilhe suas vitórias

Fazer reeducação alimentar sozinha é muito bom, já imaginou como seria, se você pudesse compartilhar suas experiências? Ou se pudesse aprender e dividir o aprendizado com alguém que tem o mesmo objetivo que você? O que você acha de dividir as dificuldades e compartilhar as alegrias de vencer na sua nova vida? Se você não tiver muitas amigas ou amigos interessados em começar a reeducação juntos, experimente algum grupo do facebook. Simplesmente digite em grupos: reeducação alimentar passo a passo, ou como fazer reeducação alimentar sozinha? Siga os passos do artigo, e lembre-se: sozinho é sempre mais difícil, mas nunca impossível. Se eu consegui me reeducar, você também consegue.

Passo 6 – Procure um cardápio simples e barato

A alimentação é a parte mais importante da sua despesa mensal, por isto, quanto menos você gastar com novidades no começo, melhor. E te digo uma coisa: quando eu mudei, depois de algum tempo aprendi a gastar menos. Menos ainda do que quando comia como um louco, tipo macarronada depois das 22 horas. Nas feiras livres você encontra um cardápio simples, barato e delicioso. Além de altamente nutritivo e sem gorduras ou açúcares tão ruins para sua reeducação alimentar. 

Passo 7 – Experimente

Uma reeducação alimentar séria, requer como um passo fundamental, a experimentação de alimentos novos, receitas novas. Muitos alimentos que você nem sabia que existiam podem ser saborosos, e você pode até vir a gostar deles a primeira vista. Vá à feirinha do seu bairro e converse com o feirante. Você nem tem ideia do que pode aprender. Eu aprendi muito indo ao açougue ou à peixaria e conversando com os atendentes. Eles sempre têm uma dica de receita, temperos, ou até mesmo te ´confessam´ qual os legumes, ou carnes que chegaram no dia e que estão super frescos. Dá última vez que fui na venda do meu bairro, aprendi uma receita de hambúrguer com carne magra incrível. ( Tema para um próximo artigo )

 

Passo 8 – Não caia na bobagem de ´contar calorias´

A coisa mais ridícula que eu já ouvi de quem quer ficar em forma, é que é preciso cortar calorias. Esqueça isto, já! Quem fica contando calorias, no final não consegue chegar a lugar nenhum. Nem emagrecer, nem consumir calorias, nem contar nada direito. Acaba desistindo por ser indisciplinado. Ao invés disto, procure saber o que você está ingerindo. Quais são os nutrientes e benefícios que estes trazem para sua nova dieta. Quais os tipos de gorduras, quantos carboidratos, proteínas, etc. Assim, você só tem a ganhar a longo prazo, educando-se, e fazendo com isto, que sua reeducação aconteça de forma mais natural possível.

Passo 9 – Faça listas

Liste tudo o que você irá comer na semana seguinte. Depois vá no supermercado e compre somente o que está na lista. Importante: alimente-se bem antes de entrar pela porta do supermercado. Ali tem várias armadilhas deliciosas, que os profissionais que trabalham lá conhecem muito melhor que você. Você sabia que os produtos de primeira necessidade, como leite e pão, ficam ao fundo da loja, somente para que você tenha a tentação de no caminho, comprar algumas coisas que não precisa? Pior, que não precisa e que podem até fazer você ingerir aquelas malditas calorias a mais! O supermercado é um lugar extremamente estratégico para os vendedores. Lá, sua reeducação corre um sério risco de se virar contra você.

Faça também listas de seu peso, toda a semana. E medir a barriga, com uma fita métrica também te deixará motivado.

 

Passo 10 – Volte ao seu médico

Isso mesmo, não o abandone. Pegue seus exames, faça uma lista do que consumiu nos últimos meses e leve para ele. Novos exames, a balança e suas calças antigas não vão mentir. Diga a ele como você conseguir fazer reeducação alimentar sozinha, e continue com firmeza. É importante manter um diálogo direto e franco com o seu médico, e fazer um acompanhamento constante e periódico. Somente assim você vai estar 100% segura do rumo que sua saúde está tomando.

Baixe GRÁTIS nosso ebook com mais dicas de como emagrecer!

Ebook GRÁTIS, contendo dicas de como emagrecer de forma saudável!

Odiamos SPAM. 100% Seguro!

Bônus:

11. Coma muita fibra.

Alimentos com fibra: aveia, farelo de trigo, couve, etc. Eu sei que o farelo de trigo parece horrível. Ás vezes até repugnante. Com aquele cheiro de ração pra animais, com cheiro de agropecuária, mas tenho um macete aqui pra te ensinar. Tome como remédio. Isso! Tome como um remédio, fechando o nariz e engulindo, como você faz com remédios, vitaminas, suplementos, ou quaisquer outras pílulas. Eu aprendi esse e outro macete: de manhã, pegue uma colher cheia de farelo de trigo e coloque em meio copo de iogurte de beber, e engula tudo de uma vez só, como se sua vida dependesse disto ( rsrs ).

12. Tome muitos sucos naturais.

suco para reeducação alimentar

Abandone o refrigerante e tome muitos sucos naturais

Se puder, compre uma centrífuga e aprenda a fazer sucos naturais. De couve, pepino, e outros legumes. Sua pele agradece. O couve tem altas concentrações de cálcio, sem as desvantagens que tem o leite, como por exemplo, as gorduras e a lactose. Não que eu esteja sugerindo para parar de tomar leite. Quem vai dizer se isto é bom ou não para você, é o seu médico. Mas adicionar o couve na dieta é uma excelente ideia. E água. Nunca é importante demais lembrar-se disto: tome água, muita água. Nunca se esqueça de beber água! Pelo menos um litro e meio por dia. ( cuidado, não precisa exagerar! ). Reeducação alimentar perder peso, tudo o que você sempre quis.